Carros

Qual é o grau de insulfilm permitido por lei?

Você sabia que existem regras de aplicação do insulfilm?

insulfilm regras de aplicação

Para te ajudar a entender sobre o assunto, vamos explicar neste artigo quais são essas regras. Afinal, existe um grau certo de insulfilm?

Assim, você não irá comprar o produto errado, bem como evitará multas.

Por fim, veremos algumas vantagens de colocar o insulfilm.

Quais são as regras para aplicação do insulfilm? Qual o grau permitido por lei?

O CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) é o órgão responsável por criar as regras de aplicação de insulfilm. Elas, por sua vez, ficam expostas no CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

A lei que regulariza o assunto é a nº 254 de 2007.

Ela é responsável por colocar um limite no qual o insulfilm deve escurecer o interior do veículo. Além disso, este limite muda de acordo com qual parte do veículo o insulfilm foi instalado.

Por exemplo, se foi colocado no vidro traseiro, nas laterais ou no para-brisas, o limite de luminosidade muda.

Para estipular o grau permitido, o CONTRAN pensa em como ele afeta a dirigibilidade. Por isso, os limites são diferentes para cada parte.

Afinal, vidros muito escuros podem atrapalhar muito o motorista. Assim, acidentes tem mais chances de acontecer, graças à falta de visibilidade.

Com isso, os limites são expressos por meio de porcentagem. Por isso, vejamos então quais são os limites?

Pára-brisas

Começamos com a parte que precisa de mais visibilidade e luminosidade.

Muita gente acredita que não se pode colocar insulfilm no pára-brisas. Mas, sim, você pode. Entretanto o limite de escurecimento é menor. Afinal, afetam muito a dirigibilidade.

Aqui, é permitido um insulfilm com até 25% de escurecimento. Isso porque a luminosidade do pára-brisas não deve ser inferior a 75%.

Vidros dianteiros laterais

Estes tipos de vidros estão em segundo lugar, no quesito luminosidade.

As películas aqui não podem escurecer mais de 30% do interior. Isso porque o limite imposto pelo CONTRAN é de 70% de luminosidade.

Vidro traseiro e laterais traseiros

Como não afetam tanto a dirigibilidade, estes vidros podem receber um insulfilm mais escuro.

Assim, o limite colocado pelo CONTRAN é de 28% de luminosidade.

Como escolher o insulfilm?

Para escolher um insulfilm, você deve olhar para o número que o acompanha. Eles são vendidos com a letra G seguida de um número. Este número indica a porcentagem de luminosidade.

Com isso, quanto maior o número, mais luminosidade. Então fique de olho neste quesito, quando for escolher o insulfilm.

qual o grau de insulfilm permitido por lei

Outras regras sobre o insulfilm

Existem algumas regras complementares, com relação ao uso do insulfilm. Elas dizem respeito ao tipo.

Películas reflectivas

Saiba que esse tipo de película é proibido por lei!

Assim, você só pode colocar películas que escurece o vidro e nada mais.

Bloqueio quase que total de luminosidade

Existem películas que bloqueiam a luminosidade quase que por completo.

Elas podem ser colocadas, mas em veículos específicos. São então reservadas para carros de segurança, que possuem indicação especial.

Mas, por que devo colocar insulfilm em meu carro?

Como vimos, existem algumas regras de aplicação do insulfilm. Mas, por que você colocaria um em seu carro?

Bom, existem algumas vantagens interessantes. Vamos ver quais são elas.

Proteção contra luz e raios solares

A primeira vantagem é que o interior fica mais protegido contra a luz solar.

Sabemos que a exposição excessiva ao Sol faz mal. Como ficamos um bom tempo no carro, principalmente no trânsito das grandes cidades, pode ser uma boa colocar insulfilm.

Assim, ele é ainda mais recomendado para quem possui alguma sensibilidade.

Segurança

Com o insulfilm, você consegue diminuir a visibilidade do que está no interior.

Com isso, pode te trazer maior segurança. Além disso, existem alguns tipos de insulfilm que são blindados ou não deixam que o vidro quebre com facilidade.

Estética

Um veículo com insulfilm fica mais elegante. Com isso, muitas pessoas também o colocam como um acessório estético.

David Dias

Me chamo David Dias e sou apaixonado por escrever sobre motos, carros, receitas, finanças, tecnologia e marketing digital. Espero que goste dos meus artigos

Avatar de David Dias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *